MANIFESTAÇÃO DE RUA – 1º DE ABRIL

O Fórum Permanente de Cultura de Goiás realizará no dia 1º de Abril um grande cortejo saindo da Praça do Trabalhador até a Praça Cívica. O objetivo é relançar o Manifesto em Defesa dos Trabalhadores da Arte 2010/2011 e apresentar a pauta de reivindicações urgentes ao governo de Goiás.

O manifesto defende 11 pontos fundamentais para que a cultura seja realmente prioridade e o artista respeitado como trabalhador.

1)    POR MAIS VERBAS PRA CULTURA; AUMENTO DO FUNDO DE CULTURA PARA 5% DO ORÇAMENTO NOS PODERES MUNICIPAL, ESTADUAL E FEDERAL.

2)    PELO FIM DO ABANDONO E URGENTE REVITALIZAÇÃO E OCUPAÇÃO PLENA DOS ESPAÇOS PÚBLICOS DESTINADOS A ATIVIDADES CULTURAIS E ARTÍSTICAS COM AÇÕES FINANCIADAS PELOS PODERES PÚBLICOS E OFERTADAS À SOCIEDADE.

3)    PELA UNIVERSALIZAÇÃO E INTERIORIZAÇÃO DA CULTURA COMO FORMA DE PROMOVER O ACESSO AO CONHECIMENTO E GARANTIR O DIREITO A MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS EM BAIRROS E ORGANIZAÇÕES COMUNITÁRIAS URBANAS E RURAIS, OBEJETIVANDO GARANTIR A PRESENÇA DA ARTE COMO FATOR DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL NO COTIDIANO DAS FAMÍLIAS CARENTES DAS METROPOLES E DE TODAS AS CIDADES DO INTERIOR DO NOSSO ESTADO E DO NOSSO PAÍS.

4)    PELA REALIZAÇÃO DE CONCURSO PÚBLICO PARA OCUPAÇÃO DAS VAGAS DA CULTURA POR PROFISSIONAIS QUALIFICADOS.

5)    PELA REESTRUTURAÇÃO DA AGEPEL E DA SECULT PARA FAZER FRENTE ÀS REAIS NECESSIDADES DE POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A CULTURA EM GOIÃNIA E EM GOIÁS.

6)    TRANSFORMAR POLÍTICAS DE GOVERNO EM POLÍTICAS DE ESTADO PARA GARANTIR DIREITOS DA SOCIEDADE E DOS TRABALHADORES DA ARTE.

7)    PELA REGULAMENTAÇÃO DO FUNDO ESTADUAL DE CULTURA EM GOIÁS.

8)    PELA ADEQUAÇÃO DO ESTADO DE GOIÁS AO SISTEMA NACIONAL DE CULTURA.

9)    LEVAR PARA AS PERIFERIAS DA CAPITAL E PARA O INTERIOR DO ESTADO OS EQUIPAMENTOS DE CULTURA.

10)  EXIGIR DO PODER PÚBLICO GOIANO O MAPEAMENTO DAS ATIVIDADES DE CULTURA E DAS VOCAÇÕES ARTÍSTICAS DE TODO O ESTADO.

11) REVER AS POLÍTICAS DE MEGA EVENTOS ESTATAIS E PLANEJAR O INVESTIMENTO NUMA NOVA LÓGICA QUE PRIORIZE FORMAÇÃO, FOMENTO E TEMPORADAS POPULARES E PEDAGÓGICAS, DE FORMA QUE O PODER PÚBLICO REMUNERE A PERFORMANCE DO TRABALHADOR DA ARTE PARA REALIZAR SEU TRABALHO, E AINDA, PROMOVA A PRESENÇA DA ARTE NOS AMBIENTES PÚBLICOS, CASAS DE ESPETÁCULOS, DEMAIS ESPAÇOS DE ARTE PÚBLICOS E PRIVADOS E ESPAÇOS DESTINADOS À EDUCAÇÃO E  À SAÚDE.

PAUTA URGENTE

Além do manifesto, os artistas apresentarão também outras pautas urgentes ao governo do Estado:

Adesão imediata de Goiás ao Sistema Nacional de Cultura;

Imediata regulamentação do Fundo Estadual de Cultura;

Realização da 1ª Conferência Estadual de Cultura, onde serão escolhidos os representantes da sociedade junto ao Conselho Estadual de Cultura;

Devolução imediata dos 50% que foram cortados da Lei Goyazes para o ano fiscal de 2011;

Aumento de 5 para 10 milhões dos recursos para a Lei Goyazes para os anos de 2012, 2013 e 2014;

Fim imediato das interferências da Secretaria de Finanças sobre os projetos aprovados pela Lei Goyazes.

Durante o cortejo, vários grupos e entidades artísticas vão inserir suas manifestações estéticas a partir dos temas centrais decidido pelo Fórum: Arte é trabalho, Cultura é prioridade e gera emprego.

PARTICIPE CONOSCO!


Manifestação de rua no dia 1º de abril

O que é?
É uma atividade que marca o início de várias ações dos Trabalhadores da Cultura de Goiás. Na proposta iniciamos no dia 1º de abril e encerramos no dia 19 de junho no Fica na Cidade de Goiás;

Quem devemos mobilizar?
Todos os trabalhadores da cultura e sociedade em geral. Devemos conversar com grupos organizados tais como Escolas de samba, Cultura Popular, Grupos de Teatro e Musicais, Associações e sindicatos representativas das várias categorias, Escolas e Universidades;

Quando e que Horas?
Será na sexta-feira dia 1 de abril com concentração na Praça do Trabalhador a partir das 14 horas. Início do cortejo às 15 horas.

O que vamos fazer?
Um cortejo da Praça do Trabalhador até a Pça Cívica; Saimos da Pça do Trabalhador as 15 horas subindo a Av. Goiás, chegamos à Pça Cívica, entramos pelo anel interno da pça e damos a volta na pça até para em frente ao Centro Administrativo;

Quais as ações no cortejo?
Durante o cortejo será usado um microfone sem fio para irmos informando às pessoas que transitam pela avenida sobre o nosso movimento e o que estamos fazendo e porque estamos fazendo. Pessoas com nosso material impresso deve ir distribuindo durante todo o cortejo. No trajeto a palavra será franqueada a todos que queiram falar como indivíduos dentro do do foco do movimento.

Quais as ações no Centro Administrativo?
Nesse momento teremos falas focada no objetivo final de nossa ação que é garantir Políticas Públicas para a Cultura e a palavra será dada às entidades representativas das várias categorias. tipo FETEG, ASCOM, AGCV, ABD, ASMAG, Pontos de Cultura e etc. Não é descartada a palavra individual nesse momento, mas ela precisará ser bastante representativa;

Até que Horas?
A idéia é que inicie a dispersão a partir das 18 horas.

Anúncios
This entry was posted in Uncategorized by FPCGO. Bookmark the permalink.

About FPCGO

O Fórum Permanente de Cultura é um movimento que surgiu em Goiânia no final dos nos anos 90 e teve como principal resultado de luta a aprovação das leis de incentivo à cultura em Goiânia e em Goiás. À época, o movimento se reunia todas as terças-feiras no Centro Cultural Martim Cererê onde planejava ações políticas e exercia o debate permanente em defesa da cultura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s