Sobre a Manifestação, por Leo Pereira

Assista aqui a matéria sobre a Manifestação no G1

De quem partiu a iniciativa da manifestação?

1) A iniciativa foi do Forum Permanente de Cultura de Goiás, movimento que busca congregar todos os artistas e entidades representativas de artistas e trabalhadres da cultura (produtores, técnicos, outros) para defender os direitos e interesses da classe. No ano passado realizamos o 1 de Abril em defesa de 5% Já para os fundos federal, estadual e municipal de cultura; Arte é trabalho; Cultura é prioridade, além de nos manifestarmos em desagravo ao corte de verbas na Ley Goyazes.

Qual era o objetivo da passeata?

2) O objetivo foi reafirmar a data e as bandeiras do 02 de abril 2012 (5% Já, Arte é Trabalho, Cultura é Prioridde) e manifestar em desagravo aos crimes ocorridos na Secretaria Municipal de Cultura, pois a classe há muito vem avisando os gestores, inclusive o prefeito Paulo Garcia, daquela situação e as providências tardaram ou foram negligenciadas com posturas inclusive de desdém em relação aos artistas e ao Forum.

O que vocês pediram?

3) Nossas reinvidicações estão expressas no Manifesto em Defesa do Trabalhador da Arte e da Cultura, lançado no 1 de Abril de 2011, além de pautas emergenciais, como o caso dos crimes ocorridos na Secretaria Municipal de Cultura, onde os maiores prejudicados foram os artistas e a própria população, pois o dinheiro público que devia ser aplicado no trabalho artístico foi desviado grosseiramente nas barbas dos gestore e dos controladores da Prefeitura de Goiânia por vários anos seguidos, enquanto eles diziam não ter dinheiro para pagar caches de artistas. Pediomos lisura na aplicação dos recursos públicos e justiça: pois entendemos que os artistas lesados devem ser ressarcidos com o recebimento dos caches relativos ao trabalhos que realizaram (quando outros receberam em seus nomes.

Cerca de quantas pessoas participaram?

4) Cerca de 100 pessoas entre artistas e representantes de entidades do teatro, da múscia, do cinema, da dança, das artes pláticas, do circo, das escolas de samba e da cultura popular.

Qual foi o trajeto?

5) Da praça do Bandierante, passando pelo palácio do Governo, até a Secult Municipal.

Tem alguma outra ação programada?

6) Estamos amadurecendo uma ação para o 1 de maio.

Anúncios
This entry was posted in Uncategorized by FPCGO. Bookmark the permalink.

About FPCGO

O Fórum Permanente de Cultura é um movimento que surgiu em Goiânia no final dos nos anos 90 e teve como principal resultado de luta a aprovação das leis de incentivo à cultura em Goiânia e em Goiás. À época, o movimento se reunia todas as terças-feiras no Centro Cultural Martim Cererê onde planejava ações políticas e exercia o debate permanente em defesa da cultura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s